Há exatos cinco anos, Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 tinha início na Arena Corinthians

Agência Corinthians


Foto: Stuart Franklin/FIFA/Getty Images


Na contagem regressiva para abrigar mais um grande evento esportivo – a Copa América de 2019 – a Arena Corinthians celebra nesta quarta-feira (12) o aniversário de cinco anos de um de seus momentos mais marcantes: a abertura da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Há exatos cinco anos, as atenções de todo o planeta voltavam-se à Itaquera. Na recém-inaugurada Arena Corinthians, era dado o pontapé inicial para a Copa do Mundo de 2014. Às 15h30 daquela quinta-feira, 12 de junho, tinha início a cerimônia de abertura da competição. Na sequência, às 17h, Brasil e Croácia fizeram a primeira partida da Copa, e a Seleção Brasileira venceu por 3 a 1, com gols de Neymar (2) e Oscar. O lateral Marcelo, contra, foi o responsável pelo único gol dos croatas no jogo.

We Are One
A cerimônia de abertura da Copa do Mundo FIFA 2014 teve conceito artístico da belga Daphne Cornez e direção do italiano Franco Dragone – que já havia produzido a abertura da Eurocopa de 2000.

A apresentação fez uma homenagem aos “tesouros do Brasil: suas pessoas, sua natureza e o futebol”, e envolveu mais de 650 profissionais. Artistas consagrados no Brasil e no Mundo, Cláudia Leitte, Jennifer Lopez e o rapper Pitbull cantaram a música tema da Copa do Mundo, We Are One (Nós Somos Um), antes da bola rolar pela primeira vez naquele mundial, no gramado da Arena Corinthians.

O jogo
A Seleção Brasileira foi a campo para a estreia na Copa do Mundo de 2014 com Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Neymar, Hulk e Fred. O time era comandado por Luíz Felipe Scolari.

O jogo começou com dificuldades para os donos da casa, que viram a Croácia criar as melhores chances. Logo aos 10 minutos, Olic avançou pela esquerda e cruzou, o lateral esquerdo Marcelo tentou afastar, mas acabou desviando para o gol, abrindo o placar para os croatas.

As melhores oportunidades brasileiras saíam dos pés de Oscar e Neymar. Foi o atacante, no final da primeira etapa, que empatou a partida, após chute rasteiro, de canhota, de fora da área.

Aos 25 minutos da segunda etapa, após cruzamento de Oscar, o atacante Fred dominou e tentou girar, mas acabou derrubado dentro da área antes de concluir a gol. O árbitro marcou pênalti para o Brasil. Na cobrança, Neymar colocou a Seleção Brasileira em vantagem.

No final do jogo, Oscar aproveitou contra-ataque para anotar o terceiro e garantir a festa dos 62.103 torcedores presentes na Arena Corinthians.