Há seis anos, Holanda e Chile se enfrentaram na Arena Corinthians pela Copa do Mundo FIFA

Agência Corinthians

Foto: Shaun Botterill/Fifa/Getty Images


Há exatos seis anos, em 23 de junho de 2014, a Arena Corinthians recebia sua terceira partida da Copa do Mundo FIFA 2014. Depois de sediar a cerimônia de abertura, o jogo inaugural da competição entre Brasil e Croácia, e a partida entre Uruguai e Inglaterra, a casa Alvinegra recebeu um grande jogo entre Holanda e Chile. Na oportunidade, a seleção europeia levou a melhor e superou os chilenos pelo placar de 2 a 0. A vitória rendeu a primeira posição no grupo B à Holanda e o Chile passou em segundo, às oitavas de final.  

O jogo 

Em um dia ensolarado, a Arena Corinthians recebeu milhares de torcedores para prestigiar a partida. Com o setor norte ocupado em sua maioria por holandeses e o setor sul por chilenos, as torcidas fizeram jus ao grande jogo em Itaquera.   

Mesmo com ambos os times com a vaga nas oitavas já garantidas, a disputa valia o primeiro lugar no grupo e, naquela ocasião, escapar do encontro com a Seleção Brasileira na fase seguinte.  

O jogo começou muito movimentado, com os as duas seleções buscando o gol o tempo todo. Enquanto a Holanda apresentava perigo com as arrancadas do ídolo e capitão Robben, o Chile traçava suas ações ofensivas com jogadas aéreas que levaram perigo ao gol holandês. Tanto Cillessen, goleiro holandês, quanto Bravo - arqueiro chileno, fizeram boas defesas na primeira etapa.   

Os gols da partida vieram somente no segundo tempo. Aos 77 minutos de jogo, após jogada de escanteio ensaiada, o camisa 18 da Laranja Mecânica, Leroy Fer, cabeceou no contrapé do goleiro para abrir o placar.  

Com o Chile atrás no marcador, se lançando ao ataque, a Holanda conseguiu explorar os contra-ataques puxados por Robben. Em uma das arrancadas do ídolo holandês, o camisa 11 saiu em velocidade até a lateral da área e fez o cruzamento a meia altura para Memphis Depay completar para o gol e sacramentar o resultado em 2 a 0 para os europeus.