Primeira vitória do Timão na Arena Corinthians completa seis anos

Agência Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Há seis anos, o Corinthians celebrava a primeira vitória na Arena Corinthians. No dia 17 de julho de 2014, com 32 mil corinthianos no estádio, o Timão recebia o Internacional na Casa do Povo e vencia por 2 a 1, em confronto válido pelo Campeonato Brasileiro daquele ano. Os gols alvinegros foram marcados por Guerrero e Fagner.  

Antes do jogo, inclusive, o clube prestou uma homenagem a Osmar de Oliveira, jornalista assumidamente corinthiano de longa carreira na TV, que havia falecido poucos dias antes aos 71 anos. A torcida também fez a sua parte nas arquibancadas da Casa do Povo. 

Em campo, o Alvinegro estava focado por aquela primeira vitória, já que não havia obtido sucesso nos dois primeiros duelos: derrota para Figueirense e empate com o Botafogo.  

Empurrado pela Fiel Torcida, o Corinthians começou o jogo a todo vapor e com 10 minutos de jogo fez os gols da vitória. Aos sete minutos, Elias iniciou a jogada no meio de campo e lançou Fagner, que acionou Jadson na intermediária ofensiva.  

O camisa 10 deu assistência para Guerrero, que dominou e abriu o placar com chute de pé esquerdo. Três minutos depois, o Timão fez a Fiel explodir mais uma vez na Arena Corinthians. Luciano recebeu a bola pela esquerda e cruzou.  

A bola atravessou toda a área e encontrou Fagner, que bateu de chapa no canto direito de Dida, fazendo o segundo gol alvinegro na partida. O Internacional chegou a diminuir aos 47 min do segundo tempo, mas sem ameaçar a vitória corinthiana.  

Desde então, o Corinthians construiu um retrospecto invejável na nova casa. Em seis anos de Arena Corinthians, o Timão disputou 200 partidas no estádio alvinegro, com 123 vitórias, 54 empates e apenas 23 derrotas. Foram exatos 318 gols marcados e 134 sofridos. O número só não foi maior em virtude da quarentena imposta pela pandemia do novo Coronavírus/Covid-19, que paralisou o futebol no estado de São Paulo entre os meses de março e julho de 2020.